NOTÍCIAS GERAIS

Publicado em 19 de Outubro de 2018 18:58

Esafaz promove workshop em Ciência de Dados

Publicado por Pedro Brito
Esafaz promove workshop em Ciência de Dados

A Escola Fazendária (Esafaz) da Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) promoveu, nesta quinta-feira (18/10), o workshop "MBA em Ciência de Dados", com o objetivo de apresentar aos servidores da Secretaria os temas e objetivos do curso de especialização em Ciência de Dados que a Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco (POLI-UPE) planeja oferecer à Sefaz-PE no próximo ano. A especialização será financiada através de recursos do Projeto de Apoio à Modernização e à Transparência da Gestão Fiscal do Estado de Pernambuco (Profisco II). A previsão é que ela tenha início no primeiro semestre de 2019.

Na ocasião, o professor Fernando Buarque, docente da POLI-UPE que coordenará a especialização em Ciência de Dados, fez uma palestra sobre o conceito e as aplicações da disciplina de Inteligência Artificial. Após isso, o diretor de Planejamento e Controle da Ação Fiscal, Flavio Mota, a superintendente de Tecnologia da Informação, Danielle Campelo, e o diretor de Sistemas Corporativos Financeiros, Vitor Carvalho, debateram, juntamente com a plateia, os desafios enfrentados pela Sefaz-PE que poderiam ser solucionados através do uso da Inteligência Artificial.

"A UPE possui uma tradição grande na oferta de cursos de pós-graduação Latu Sensu. Procuramos a Esafaz e juntos concebemos um programa com o objetivo de integrar técnicos e gestores para equipar a Sefaz-PE com um ferramental humano que possa entregar soluções mais eficazes. Esse MBA consistirá em uma turma fechada para a Sefaz-PE. Ao todo será um ano de aulas e seis meses para preparação das monografias", informou Fernando Buarque.

No decorrer do debate, Flávio Mota fez considerações sobre as mudanças observadas na atividade de auditoria fiscal para exemplificar as potencialidades do uso da informática pela Secretaria e da necessidade de adaptação dos servidores. "Em 1994, por exemplo, tínhamos livros fiscais que precisavam ser carimbados e atualmente temos a escritura fiscal eletrônica", comentou.

O Profisco II consiste na captação de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para projetos de modernização do Fisco pernambucano e aguarda aprovação por parte do Congresso Nacional. Após a aprovação, a Sefaz-PE publicará um edital detalhando as etapas para a seleção no MBA de Ciência de Dados.

Clique aqui para visualizar fotos do evento.

 

Fonte: Imprensa Sefaz-PE

Mais recentes